Institucional

carrinho

item - R$0,00

Nenhum produto no carrinho.

Subtotal: R$0,00

Um gênio criativo que alia rigor estético, profundo senso de qualidade e uma personalidade irresistível.


Reconhecido pela revista Forbes como uma das 25 mais importantes celebridades do país, Erick Jacquin é um dos mais importantes Chefs franceses em atividade no Brasil. Seu talento não está apenas na alquimia revelada em suas criações gastronômicas, mas na sua enorme capacidade de criar experiências únicas. Sua trajetória inspira a superação dos limites e a busca obstinada pela perfeição.


Em 1964, em Dun Sur Auron, pequena e tradicional cidade do Departamento de Cher, no centro da França, perto do Vale do Loire, a conhecida região vinícola, também região de castelos onde residiram os reis da França, nascia Erick Jacquin. Ainda jovem, decidiu ir para Paris, onde trabalhou em vários grandes restaurantes franceses e com Henri Charvet - Maître Cuisinier de France -, proprietário do restaurante Au Comte de Gascogne, que lhe confiou a responsabilidade da cozinha. O Au Comte de Gascogne era especializado em foie gras.


No Brasil desde 1994, durante quatro anos comendou o Le Coq Hardy e depois, assumiu a cozinha do lendário Café Antiqüe, especializado na mais alta gastronomia francesa. Com 10 anos de Brasil inaugurou a La Brasserie Erick Jacquin. Foi ele quem batizou o petit gâteau, hoje, uma paixão nacional. Além do sucesso como consultor que assina cardápio de importantes casas pelo Brasil, sua carreira tomou novo rumo com o convite para o programa MasterChef, sucesso arrebatador da TV Band e hoje experimenta a popularidade – assediado por onde passa pelo público de todas as faixas etárias e classes sociais.

Premiações

Erick Jacquin é um dos mais premiados Chefs do Brasil, mas uma condecoração o toca de forma muito especial:
Chevalier de la Légion d´Honneur Esse título – em português, Cavaleiro da Legião de Honra – é conferido desde 1803 à aqueles que dão inequívoca contribuição à França. Para o governo francês, Erick Jacquin contribui com o país ao perpetuar a gastronomia autêntica e representa-lo de forma única no Brasil, contribuindo com a cultura e com o estreitamento dos laços entre os dois países.
Além do orgulho, o Chef carrega consigo a honra daqueles que o antecederam e a responsabilidade de preservar este legado para aqueles que virão.

Erick Jacquin coleciona ainda algumas das mais importantes honrarias do mundo gastronômico e a seguir, alguns dos títulos que merecem destaque:


- Melhor Chef do Ano pelo júri da revista Veja São Paulo, 2000
- Capa da revista Veja São Paulo, sob o título "O francês número 1 da cidade", 2001
- Chevalier de l´Ordre du Mérite Agricole, conferido pelo Governo Francês
- Médaille d´Honneur des Maîtres Cuisiniers de France, premiação recebida na França em 2016
- Grande vencedor do I Prêmio Paladar, do jornal O Estado de S. Paulo, vencedor em duas categorias: melhor prato de alta culinária e melhor sobremesa Maître Cuisiner de France, a mais alta honraria da Gastronomia Francesa. Erick foi o primeiro chef francês a receber esse título no Brasil e na América do Sul, 1998
- Chef dos Chefs pela revista VejaSeus restaurantes igualmente receberam o merecido reconhecimento da crítica mais que especializada. - Melhor restaurante francês pela revista Veja São Paulo, 2001
- Prêmio Gula na categoria melhor restaurante francês, 2006
- Premio VEJA SP Comer & Beber – o melhor da cidade na categoria melhor restaurante francês. 2006
- La Brasserie EJ – 6 vezes como melhor restaurante francês pela revista Veja